Blog: Conselhos sobre combustíveis e viagens

O combustível e viagens são dois termos que nos fazem pensar sobre a necessidade de poupar. Assim, a utilização eficiente do combustível é essencial.

O que vai encontrar no nosso blog de combustível e viagens?

No nosso blog, pode encontrar as mais variadas dicas sobre combustível, rotas e viagens rodoviárias. Orientações práticas que o podem ajudar a encontrar as melhores maneiras de poupar, as rotas mais bonitas ou as formas mais práticas e curtas de chegar ao destino desejado, desfrutando da sua viagem. Oferecemos também recomendações para o resto dos utilizadores de combustível, que trabalham diariamente com o mesmo: agricultores, trabalhadores industriais, condutores profissionais, pilotos de aviação, etc.

Dicas de combustíveis e as suas utilizações

Existem várias maneiras de conseguir economizar combustível e de utilizar o mesmo de forma mais eficiente ao embarcar numa viagem:

  • Evitar o excesso de carga no carro. O peso excessivo num carro contribui para um maior gasto de combustível. Deve eliminar todo um fardo que seja desnecessário para o motor.
  • Revisão do veículo e mudar todos os filtros e óleos é de grande importância antes de embarcar numa viagem. Assim, evitará males maiores, como avarias imprevistas. É realmente fundamental e, por exemplo, uma pressão incorreta dos pneumáticos aumenta o consumo de combustível em 4%. Também se aplica a máquinas de uso agrícola, como é o caso dos tratores, ou outro qualquer veículo que funcione a combustível.
  • Programa as rotas é fundamental, já que estar parado num engarrafamento com o motor em funcionamento, por exemplo, na estrada, impulsiona o aumento do combustível em 14%. No caso da aviação, é de igual forma importante planear as rotas, de acordo com a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI). Daí a ênfase das organizações de aviação nos últimos anos na necessidade de unificar os espaços aéreos, especialmente na UE. Isto iria permitir os aviões voar de forma mais direta.
  • Usar o ar condicionado com eficiência, sem desperdícios desnecessários. A temperatura ideal para o interior de um veículo há de ser a mesma que a do interior de uma casa, entre 20 a 24 graus. Precisamente, na hora de procurar estabelecer esta temperatura ideal é quando mais gastamos no combustível. No carro, carrinha ou camião, o recomendado é baixar as duas janelas da frente antes de iniciar a viagem para criar corrente e diminuir a temperatura interior. Em continuação, agora com as janelas apenas ligeiramente abertas, o aconselhável é pôr o ar condicionado a funcionar a uma temperatura inferior a 20 graus. Isto permite que o ar quente seja expulso do veículo num curto espaço de tempo, reduzindo assim o consumo de combustível através do ar condicionado.
  • Não circular com as janelas em baixo. Ao provocar a entrada de ar dentro do veículo, a pressão de ar criada na direção oposta força a que a velocidade do veículo diminua, resultando num maior e menos eficiente consumo de combustível.

Condução eficiente e sustentável

Neste aspeto, conduzir de forma eficiente é importante para poupar combustível e evitar avarias e outros contratempos na viagem. Alguns conselhos interessantes para tal contexto seriam:

  • Procurar não conduzir a grande velocidade, já que se traduz ao gasto de 30% a mais de combustível. O controlo e velocidade é muito importante na hora de controlar a relação entre combustível e viagem.
  • Conduzir ou pilotar a uma velocidade mais consistente possível, para que não dispare o consumo. Sobretudo, devem evitar-se as acelerações quando o motor está ou não tenha alcançado a temperatura ideal. Forçar o motor com trocas de velocidade, sobretudo se forem brutas, pode constituir para o desperdício de combustível. Nos carros e aviões, assim como em máquinas agrícolas e veículos de transporte profissional, também é recomendado circular a uma velocidade constante.
  • Desligar o motor em breves paragens. Por exemplo, quando um passageiro precisa desembarcar e tirar a bagagem e carga. O funcionamento do motor quando o carro está parado aumenta o consumo de combustível, muitas vezes desnecessariamente. Em qualquer caso, se espera estar parado mais de dois minutos, é melhor desligar o motor.
  • Diminuir o número de rotações por minuto. Numa viagem, é fundamental não ultrapassar as 3,000 rotações por minuto, e usar as mudanças longas; por exemplo, passar de uma terceira para uma quinta mudança. Com isto, é possível poupar uma quantidade considerável de combustível. É necessário pisar de forma suave o acelerador, para não forçar o motor em demasia. O mesmo sucede para a aviação, onde as mudanças bruscas de velocidade disparam o consumo de combustível.
  • Usar o motor para reduzir a velocidade. Existem várias formas de reduzir a velocidade num veículo; uma é com o uso dos travões, quando se circula a altas velocidades, outras é através do motor, a velocidades mais lentas. Esta última técnica, chamada travagem de motor, conduz a um menor consumo de combustível devido à ausência do pedal do travão. Esta técnica não danifica o veículo e resulta de forma eficaz em declives descendentes.  
  • Acelerar de forma suave e gradual. A aceleração deve ser gradual para evitar o esforço do motor. Além disso, é sempre recomendável utilizar preferencialmente engrenagens altas.

As melhores rotas rodoviárias

Na hora de escolher o nosso país para viajar, existem diversas rotas que são especialmente recomendáveis para desfrutar do melhor das nossas viagens:

  • A Estrada Nacional 2, desde Chaves a Faro, é uma das rotas mais procuradas em Portugal, principalmente para motoqueiros, com belíssimas paisagens e permite estar em paisagens naturais do interior do país.
  • A rota do Norte, uma viagem onde passa do litoral para o interior, com a possibilidade de visualizar não só excelentes praias, como montes e paisagens magníficas, onde passará pelas cidades do Porto e Braga, por exemplo.
  • A rota de Fátima, especialmente procurada por católicos, mas que dá a apresentar um espaço onde Papa se desloca. A cidade de Fátima é magnífica, onde para lá chegar irá passar por outras cidades com lindos monumentos.
  • A rota de Faro, uma rota procurada essencialmente nos meses de verão, repleta de excelentes praias numa temperatura muito agradável, com as praias de água limpa e de temperatura quente.
  • A rota de Lisboa, a rota que atravessa toda a capital de Portugal, repleta de monumentos que apresentam Portugal da melhor forma, com muita história e que se traduz numa cidade magnífica. Além disso, encontra excelente gastronomia e paisagens que ficam na memória.

Combustível e viagens são dois termos que podem ser harmonizados, sabendo como planejar rotas, tomando algumas precauções, e planejando as nossas rotas de maneira mais prudente e com eficiência.