Viagens

>
>

O que devo saber antes de fazer uma viagem rodoviária?

Antes de embarcar uma viagem rodoviária, é necessário ter em conta uma série de chaves para preparar da melhor forma a viagem, assim como viajar seguro e evitar percalços e contratempos desnecessários. Alguns destes contratempos são perfeitamente evitáveis com uma boa planificação prévia, e tomando as devidas precauções para que, em caso de algo acontecer, podermos lidar o mesmo adequadamente.

Como preparar uma viagem rodoviária

Em qualquer viagem rodoviária, temos de tomar uma série de precauções básicas antes de começar o trajeto:

  • Comunicar à nossa família quais são os nossos planos, onde pensamos viajar e qual vai ser a nossa rota. Deste modo, se existir algum percalço ou acidente, poderão localizar-nos sem qualquer problema.
  • Levar no veículo um kit de primeiros socorros é também essencial, especialmente se for uma viagem longa.
  • Dispor de um seguro contra todos os riscos, qualquer que seja o veículo motorizado que escolhemos.
  • Fazer uma revisão ao veículo antes de começar a viagem. O estado e nível das jantes, a correta pressão dos pneus, verificar se existe um sobressalente, o estado da transmissão, etc., devem ser vistos por um mecânico de confiança. Segundo as estatísticas da direção geral de trânsito, 3 a 4 acidentes se devem ao mau estado dos pneus.
  • O uso do cinto de segurança é também imprescindível.
  • Planear a rota para estar seguro das estradas que devemos tomar. É muito importante ter em conta que as estradas escolhidas e o estado das mesmas podem influenciar de forma decisiva a segurança do trajeto. Segundo dados da direção-geral do tráfego, 79% dos mortos na estrada tiveram lugar nas estradas secundárias. O principal ponto de onde há mais acidentes é nas saídas de via.
  • É também fundamental viajar descansado. De acordo com a DGT, aproximadamente 30% dos acidentes se devem a uma condução em estado de fadiga. É uma percentagem muito preocupante, e deve, portanto, ter isso em conta.
  •  Procurar não falar por telemóvel enquanto conduz. Segundo a DGT, certa de 75,7% das denúncias de viagem têm ligação a condutores que vão distraídos a falar ao telemóvel.
  • É claro que não deve ingerir álcool ou droga na hora de começar a sua viagem. Também é importante ter muito cuidado com medicação e os seus efeitos secundários, incluindo os que tocam com prescrição. Nas estatísticas da DGT, o consumo de substâncias estupefacientes aumenta entre 2 a 7 vezes o risco de sofrer um acidente. Já 74% dos condutores mortos em acidentes estavam sob efeito de álcool.

O carro

Antes de começar a sua viagem de carro, é recomendável seguir estas boas práticas:

  • Verificação prévia, tanto de pneus como de líquido de travões, líquido de direção assistência (no caso de automóveis hidráulicos), líquido refrigerante e líquido de para-brisas. Este último é muitas vezes esquecido e a sua ausência pode criar situações muito comprometidas na estrada.
  • Verificar se todos os filtros de ar estão devidamente limpos. Com ele, poderá consumir menos combustível por um funcionamento melhorado e mais eficiente do ar condicionado. O ar condicionado é importante em qualquer caso, já que influencia a maior ou menos fadiga do condutor na estrada.
  • Verificar piscas e luzes.
  • Não utilizar calçado de sola rígida, já que resulta em aumentar a dificuldade de travar da maneira correta.
  • Na condução, é muito importante olhar para mais longe perante maior velocidade a conduzir. Também, evitar travagens bruscas de velocidade, que são perigosas e proporcionam o aumento do gasto de combustível.

De mota

Especificamente para os viajantes de mota, é altamente conveniente seguir os seguintes conselhos:

  • É aconselhável usar roupa técnica: com um equipamento correto e roupa especialmente desenhada para o motorista, pode evitar complicações e percalços na estrada.
  •  Implementar um vidro transparente. O vidro temperado pode criar múltiplos problemas, de noite o motorista pode expor-se a uma multa. Em todo o caso, o vidro transparente proporcionará uma maior segurança nos viajantes de estrada.
  • Polias de transporte para fixar a bagagem. É primordial levar várias polias de transporte, já que necessários durante a viagem.
  •  Transportar ferramentas tais como tesouras (para cortar falanges, se necessário), fita adesiva (que pode ser útil para pequenas reparações) ou um kit anti furo. Este último porque normalmente não é possível transportar um pneu sobresselente numa mota.

De caravana, autocaravana Camper

Em Portugal, as caravanas são um fenómeno que está a passar por um verdadeiro boom, com um grande crescimento de vendas e alugueres deste tipo de veículos. É por esta razão que é consideravelmente útil expor uma série de conselhos a respeito:

  • Inspeção e manutenção preliminar. Particularmente importante com estes veículos, em que a tonelagem é muito mais superior do que em outros casos.
  •  Na hora de planear a toda, devem estabelecer os lugares em que vão parar para dormir, comer, etc. É muito importante ter este ponto previsto, porque é possível enfrentar multas, dependendo das regras e leis de cada município. Em modo geral, é possível comer e dormir dentro da caravana, mas não é permitido ruídos elevados, remover mesas ou cadeiras, estender toldos ou despejar líquidos. Não é permitido espalhar artigos fora da autocaravana longe dos locais designados, uma vez que é considerado acampamento.
  •  Os resíduos, esgotos e águas cinzentas devem ser eliminados em áreas designadas para o efeito.

As melhores rotas de viagem rodoviária

As melhores rotas rodoviárias são aquelas que reúnem uma série de características que tornam a nossa viagem melhor:

  • Riqueza de paisagens naturais. Em determinadas zonas, as belezas das paisagens em redor da rota tornam os percursos altamente recomendados.
  • Segurança das vias. É necessário insistir em que o bom estado das estradas e a situação geográfica das entradas e saídas da via incidem muito com a segurança da nossa viagem. Devemos ter isso muito em conta.
  • Não se afaste muito das cidades e estações de serviço, no caso de haver algum problema no percurso. Ir numa aventura pode ser sempre atrativo e fascinante, mas deve ser cauteloso em caso de incidente na estrada.

As viagens rodoviárias devem ser planeadas e preparar-se para evitar percalços, seguindo uma série de boas práticas que nos fazem evitar desgostos.