Como conduzir um carro automático

Aprender como conduzir um carro automático pode chegar a ser realmente simples com estes conselhos que mostraremos adiante.
Home > Como conduzir um carro automático
Home > Como conduzir um carro automático

Posições da alavanca de mudanças num carro automático

Conduzir um carro automático não é demasiado complicado, mas ninguém consegue nada à primeira tentativa, especialmente se se tratar de uma tarefa complexa.

Na verdade, complicado e complexo não têm o mesmo significado, e nesta diferença descobrimos como pode ser fácil conduzir um carro automático.

Uma das primeiras coisas que deve saber antes de aprender a conduzir um carro automático é que só têm dois pedais. Isto porque os carros com caixa automática não utilizam o pedal de embraiagem.

Depende do veículo, mas a maioria dos automóveis automáticos têm só o pedal do acelerador (à direita) e o de travões (à esquerda). Pode chegar a ser confuso para condutores acostumados aos carros manuais, mas é uma questão de adaptação.

No entanto, um dos pontos mais importantes para aprender a como conduzir um carro automático é aprender as posições da alavanca de velocidades. Adiante, iremos mostrar uma explicação detalhada das que encontrará no carro automático:

P: Parking

O P de “Parking” (estacionar) é a posição da alavanca que usará para estacionar. Este trava o carro por completo, incluindo se não tiver o travão de mão ativado, mantendo o veículo mais seguro.

Consegue-o bloqueando a caixa de velocidades, bloqueando assim o sistema de locomotivas do veículo, mesmo quando a ignição está ligada. Mais do que isso, mantém o carro estático, não se irá mover mesmo estando numa estrada inclinada.

N: Ponto morto ou Neutro

N de “Neutro” ou também conhecido como ponto morto. Este é muito simples: ao colocar a alavanca neste ponto da caixa de velocidades não irá produzir nenhuma mudança especial, será simplesmente neutro.

Para aqueles que não sabem como conduzir um carro automático, mas sabem conduzir um manual, estarão familiarizados com este ponto. Um ponto importante é que não deve ser utilizado para estacionamento ou travagem total.

O ponto morto utiliza-se, por exemplo, para quando se está num semáforo e terá de parar por um momento. De igual forma, se planeia estar mais tempo estático, é muito recomendável manter o travão, de modo a evitar que o veículo se mova.

D: Drive

D de “Drive” (conduzir) é a que se coloca para conduzir com total normalidade, acelerar e travar. Aqui encontra-se a grande diferença com os veículos manuais, as velocidades irão mudar-se de forma automática. 

Em caso de não saber como conduzir um carro automático, deve saber disto. Não deves mudar as velocidades na hora de conduzir, conforme acelerou o veículo passará a primeira, segunda e terceira velocidade por si só.

R: Reverse ou marcha atrás

R de “Reverse” também conhecido como marcha atrás, o seu nome diz tudo, é aquela mudança de modo que serve para retroceder. É igual ao R de um carro com caixa de velocidade manual, pelo que é impossível de confundir-se.

Não há pedal de embraiagem

Um ponto importante para saber como conduzir um carro automático, é que não existe pedal de embraiagem. Para aqueles que só conduziram automóveis manuais, isto pode chegar a ser bastante confuso.

Os carros com caixa de velocidades manual, para além das velocidades da caixa, diferenciam-se nos que têm 3 pedais. A maioria destes têm 2 à esquerda e um à direita, os da esquerda são o travão e pedal de embraiagem, o da direita o acelerador. 

Desta forma, o pedal de embraiagem é utilizado para realizar as mudanças de marcha. Semelhante ao pequeno botão de bloqueio nas alavancas dos carros com caixa de velocidades automáticas. Todavia, os carros mais modernos não utilizam uma alavanca, mas sim botões.

É normal que os condutores mais acostumados aos automóveis de caixa manual têm por instinto a mudança de marcha. Para evitar problemas com um possível acidente na estrada, é recomendável praticar muito.

Um pequeno truque para evitar carregar nos travões com a intenção de mudar de marcha é conduzir apenas com a perna direita, com o tempo ir usando a esquerda, pouco a pouco, assim irá acostumar-se à condução só com 2 pedais.

Como conduzir um carro automático pela primeira vez

Quando já sabe conduzir carros manuais, pode ser complicado saber como conduzir um carro automático, mas acaba com uma adaptação rápida. A maioria dos condutores mistos concordam em que conduzir um carro automático é muito mais fácil.

No entanto, se não sabe conduzir, a coisa complica um pouco mais. Neste caso, não é que tenha de aprender novas regras, é que tem de as aprender todas. De um modo geral, conduzir é algo que se aprende rapidamente.

Para conduzir um carro automático pela primeira vez, recomendamos praticar primeiramente um pouco numa área segura. Depois disso, recomendamos começar por uma via larga e pouco movimentada para praticar o uso das diferentes velocidades.

O que pode originar uma difícil adaptação são as mudanças D, N e P. Com D, pode ser complicado acostumar-se às mudanças repentinas de velocidade. Há quem confunda o N com uma mudança que se utiliza para gerir.

Há que ter muito cuidado com P, já que trava o carro por completo. P não deve ativar-se enquanto esteja a estacionar, mas quando o veículo estiver no lugar e for a altura de parar. Com estas 3 mudanças dominadas, não há nada mais simples.

Conselhos para conduzir um carro automático de forma eficiente

E claro, toca-nos dar-lhe uma série de conselhos acerta de como conduzir um carro automático. Podendo pôr em prática os seguintes conselhos, conduzirá de uma forma mais eficiente.

  • Mantém controlado o pé esquerdo. Para os condutores de carros automáticos, é muito importante manter o controlo do pé esquerdo. É um detalhe do qual há que ter muito cuidado para evitar problemas e possíveis acidentes.
  • Observe e aprenda com que frequência o carro muda de velocidade. Acostumar-se às mudanças de velocidade e estudar quando se realizam, para não haver surpresas.
  • Aprenda bem as posições da alavanca de mudanças. O ideal é que possa mudar de posição na alavanca de mudanças sem necessitar de olhar. É uma habilidade que se aprende com o tempo.
  • Sempre que usar o N para travar ou desacelerar, use o travão. O N deixa o carro “à deriva” assim que em caso de desaceleração ou paragem, há que manter o pé sempre no travão.
  • Assegure-se de manter a sua postura. Embora este seja um conselho geral de condução, a postura é realmente importante quando se trata de conduzir. Com uma melhor postura conduzirá melhor e mais cómodo, sendo capaz de se concentrar mais na estrada.
  • Monitorize o nível de combustível. Diz-se que os carros automáticos poupam combustível, e é verdade, e é você que pode descontrolar-se quando se trata de combustível. Tudo que tem de fazer é estar atento à velocidade, à aceleração e ao depósito de combustível.

Seja tão automático como o seu veículo. Aprenda a conduzir de forma automática, que o seu corpo faça tudo de forma automática. Obviamente requer concentração, mas os melhores condutores fazem, a maioria, o trabalho sem sequer pensar.